Taguatinga, novembro de 2.014.

Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor”. Romanos 14:08.

Amados irmãos, saúdo-vos com a Graça do Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nossa oração é que esta carta vos encontre em Paz no MESTRE.

Estamos escrevendo para dar-vos um breve relatório do que temos feito.

Creio que é de conhecimento de todos os irmãos que desde o dia 17 de fevereiro estamos “fora de casa” visitando as igrejas para apresentarmos nosso ministério ou darmos, pessoalmente um relatório do que temos feito.

No total foram aproximados 45.000 Km viajados entre os estados do Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal.

Não conseguimos ainda visitar todas as igrejas que nos apóiam, tão pouco as que mantemos contato, mas o SENHOR é testemunha do esforço que temos tido para passarmos em todas estas.

Após visitarmos cerca de noventa e cinco igrejas, pregado em 8 conferencias dentro de oito meses estamos nos sentindo esgotados, por isso pretendemos não viajar mais no mês de dezembro.

O PROVEDOR, assim o permitindo na primeira quinzena de janeiro de 2.015 já queremos estar de mudança em Vilhena, RO.

Nisto queremos deixar apenas a resalva de que nosso ministério não mudou o alvo, tão pouco o propósito, na verdade a floresta continua a mesma (Floresta Amazonica); o que o SOBERANO alterou foi a cidade; ao invés de Atalaia do Norte agora será Vilhena porém, ainda nosso propósito de servir ao BOM entre os indígenas continua a mesma.

Se pode-se dizer que ha alguma diferença entre as duas localidades é que em Vilhena (até onde pude averiguar) não existe uma Igreja, ou congregação Batista Fundamentalista; o que em Atalaia do Norte tem. Portanto, vemos a necessidade de além de atuar junto a população indígena, pretendemos fundar uma igreja aos urbanos também. Por isso é que muitos dos irmãos receberam de mim um e-mail pedindo ajuda na compra de um terreno que encontramos ali em Vilhena.

Como temos dito: “Estamos dispostos a continuarmos indo, mas não podemos faze-lo sozinhos, precisamos do vosso apoio”.

No Amor do BOM,

Vossos Servos;

Missionários:

Pr. Isaías; Rachel; Hanina Edith e Rachel Harriett Divino.

 

Isaías Divino – novembro 2014